- Últimas Notícias

CIF fecha oito estabelecimentos por descumprir decreto de prevenção da Covid-19 em Manaus

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), a Central Integrada de Fiscalização (CIF) fechou oito estabelecimentos que estavam descumprindo o decreto governamental que estabelece medidas de restrição voltadas à prevenção da Covid-19. Foram vistoriados 43 estabelecimentos, entre bares, quadras esportivas, postos de gasolina e lanchonetes, entre a noite de sexta-feira (12/02) e a madrugada desta segunda-feira (15/02), em Manaus.

Na sexta-feira, seis locais foram fechados nas zonas leste e norte da capital após serem identificados descumprindo o decreto. São eles o Bar e Cervejaria Almira, no Zumbi dos Palmares; o Bar do Flamengo, no Gilberto Mestrinho; Bar do Ney, no Jorge Teixeira; Bar do Nonato, na Cidade Nova; Boteco da Meire, na Colônia Terra Nova; e o Negos Bar Drinks, no Monte das Oliveiras. No bairro Gilberto Mestrinho, uma aglomeração de pessoas consumindo bebidas alcoólicas em frente a um mercadinho foi dispersada.

No sábado (13/02), o Garagens Bar, localizado no bairro São Raimundo, zona oeste da cidade, foi fechado por descumprimento do decreto e autuado pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) por não possuir licença sanitária. Na rua do Plator, na Compensa 2, foi identificado um local onde acontecia um bingo clandestino, que também foi encerrado pela CIF. Uma pizzaria, na Compensa 2, foi orientada quanto ao serviço de delivery e o horário de funcionamento.

No domingo (14/02), o Bar dos Amigos, localizado no Parque das Laranjeiras, zona centro-sul, foi fechado e autuado pelo Procon-AM.

A CIF acontece todos os finais de semana com o objetivo de fiscalizar estabelecimentos comerciais, verificando se o decreto governamental está sendo cumprido.

Participam da CIF equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Ouvidoria da SSP-AM, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Defesa Civil e Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM).

Fonte: Divulgação/SSP-AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *