- Últimas Notícias

OPERA+AMAZONAS – No mês das crianças, Hospital Infantil Dr. Fajardo intensifica cirurgias

O Hospital Infantil Dr. Fajardo comemora o mês das crianças, com uma ação para intensificação de cirurgias pediátricas. A ação faz parte do programa Opera +, do Governo do Amazonas, que tem como objetivo acelerar procedimentos cirúrgicos principalmente para aquelas pessoas que tiveram cirurgias eletivas (com agendamento) adiadas por causa da Pandemia de Covid-19.

Na última quarta-feira (13/10), pacientes regulados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) iniciaram as consultas de triagem, que vai durar até esta sexta-feira (15/10). As cirurgias acontecem entre segunda e sexta-feira (18 a 22/10) da próxima semana para aqueles que estiveram aptos.

“Essa é a primeira edição da intensificação de cirurgias pediátricas no Dr. Fajardo. A expectativa é de que sejam realizadas de 80 a 100 cirurgias em crianças que têm até 14 anos de idade, que estão no aguardo via Sistema de Regulação, disse o secretário de Estado de Saúde, Dr. Anoar Samad.

As cirurgias ofertadas são para os procedimentos de herniorrafias inguinais e umbilicais, fimoses e lises de aderência prepucial, hidrocelectomias, varicocelectomias, frenotomias linguais, lise de sinéquia vulvar, e exéreses cutâneas (apêndice pré-auricular, dedos extranumerários não articulados, etc.).

O diretor do hospital, Aly Nasser Ballut, explicou como será realizado esse trabalho de triagem e que as crianças que ainda não estiverem aptas para se operar na semana de intensificação, entrarão na rotina de realização de cirurgias na unidade. O Hospital Infantil Dr. Fajardo realiza, em média, mais de 200 cirurgias pediátricas por mês, de acordo com o diretor.

“A programação iniciou com a triagem, na qual estão agendadas 128 crianças. Estão sendo feitas consultas com cirurgião pediátrico, exames pré-operatórios, de laboratório e o teste de Covid-19. Na semana que vem, a partir de segunda até sexta-feira, vão ser feitas as cirurgias com meta de atender 80 a 100 crianças. As crianças que não conseguirem agendamento, os pais podem ficar tranquilos, porque nós temos cirurgias de rotina sendo feitas”, disse o diretor.

Oportunidade – Ariane Macedo, 39, professora, é mãe de João Lucas, de 4 anos, que tem um problema de freio de língua. Ela conta que estava com grande expectativa para realização dessa cirurgia, pois seu filho possui dificuldade de comunicação.

“É uma oportunidade. Isso dificulta o aprendizado da criança, ainda mais a partir dos 4 anos, que está na fase de escola, de ter um bom desenvolvimento com os colegas. Isso está afetando ele. Então, eu vejo isso como uma melhoria. Já estou ansiosa por essa cirurgia que vai ser realizada na próxima semana”, comentou a mãe.

Essa primeira edição de cirurgias pediátricas é realizada em parceria com a Sociedade Amazonense de Patologia Pediátrica (SAPP).

 Fonte:  Divulgação/SES-AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *