- Economia

Santander anuncia compra de 60% da Toro Investimentos e fusão com a Pi para formar nova plataforma

O Grupo Santander Brasil anunciou nesta terça-feira (29) ter fechado um acordo de compra de 60% das ações da corretora Toro Investimento, o que lhe permitirá assumir o controle da companhia.

A operação de compra, que ainda precisa de aprovação das autoridades econômicas, prevê a fusão da Toro à Pi Investimentos. De acordo com o Santander, o objetivo é “formar uma das melhores plataformas de investimentos em renda fixa e variável do país”.

“Percebemos que a Pi e a Toro são duas legítimas representantes da mais nova geração das plataformas de investimento. Ambas são catalizadoras da desintermediação e democratização de produtos antes reservados a clientes com mais recursos”, disse o vice-presidente executivo de Wealth Management do Santander, Alberto Monteiro.

Segundo o Santander, a Pi Investimentos emprestará suas cores ao logotipo da nova empresa. O executivo Gabriel Kallas seguirá no cargo de CEO, e o atual CEO da Pi, José Clemenceau, assumirá a função de COO.

Histórico das duas empresas
A Toro Investimentos foi a primeira plataforma brasileira a montar uma estrutura completa e autônoma de corretagem de valores. Ela foi criada em 2010, em Belo Horizonte, e há dois anos passou a atuar na intermediação de transações de valores mobiliários.

Nos últimos cinco meses, a Toro saltou da 20ª para a 12ª posição na B3 em volume de negócios.

Já a Pi foi lançada pelo Santander Brasil em março de 2019 como uma plataforma aberta de investimentos 100% digital, com oferta de mais de 240 produtos de renda fixa.

Além de somar as carteiras de clientes, a nova empresa que será formada pela fusão das duas corretoras irá se beneficiar da infraestrutura tecnológica autônoma da Toro, que oferece facilidades de navegação e transação para investidores de varejo. Além disso, contará com o modelo de atuação B2B, desenvolvido pela Pi, para atuar junto a clientes como family offices, gestores e consultores de investimentos.

“A associação com uma instituição como o Santander nos dará condições de atingir novos segmentos de mercado e ganhar escala sem abrir mão de nossas premissas fundamentais, de garantir ao investidor liberdade para fazer suas escolhas, simplicidade para gerir seus recursos e conhecimento sobre o mercado, por meio de nossos serviços de informação e assessoria”, avaliou Gabriel Kallas, co-fundador e CEO da Toro Investimentos.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *