- Esportes

Atleta paralímpica santista, Beth Gomes foca em trazer medalha das Paralimpíadas de Tóquio: “seja qual cor for”

Aos 56 anos de idade, Beth Gomes nem dá sinais de cansaço. A paratleta segue firme nos treinamentos visando as Paralimpíadas de Tóquio, prevista para acontecer entre agosto deste ano.

A ‘Fenix’, apelido que ganhou de um de seus técnicos por sempre se reinventar, se sagrou campeã dos Jogos Parapan-Americano de Lima, em 2019, além de quebrar o recorde mundial do lançamento de disco, no mesmo ano, no Mundial de Atletismo de Dubai. Agora, a paratleta mira sua primeira medalha paralímpica.

– Sigo treinando. Com o início da pandemia ano passado eu continuei meus treinamentos em casa. Tive o poder de ter os equipamentos de musculação na minha casa e fazer meus treinos. Lógico, eu não podia ir ao campo arremessar, mas em casa eu continuei dando sequência para que o meu desempenho não decaísse – disse Beth.

Será a primeira vez que Beth irá participar de uma Paralimpíada competindo em atletismo. EM 2008, ela participou dos Jogos de Pequim, mas competiu pela seleção de basquete. A santista frisou a gratidão só pelo fato de estar representando o Brasil mais uma vez.

– Vou em busca de uma medalha seja ela qual cor for e, mesmo que eu volte sem a medalha, já vai ser uma gratificação por eu estar lá, representando meu país. Mas vou dar tudo de mim para poder trazer uma medalha para o Brasil – afirmou.

A ‘Fenix’ completou reiterando seu foco em Tóquio na rotina de treinamentos.

– Hoje já voltei a treinar no campo, com base de treinamentos visando os Jogos, juntamente com a minha treinadora. Então eu sigo focando lá na frente, em Tóquio. E meus treinamentos, na parte de musculação, na parte técnica e no campo estão bem contínuos – completou.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *