- Esportes

Cruzeiro inicia caminhada na Copa Libertadores sem pilar defensivo, “cérebro” e talismã

Chegou o dia da estreia do Cruzeiro na Libertadores 2018. Nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), o time enfrenta o Huracán, no estádio El Palacio, em compromisso válido pelo Grupo B. E o técnico Mano Menezes terá algumas ausências importantes para esse que será o jogo mais importante do ano até aqui.

O primeiro problema está na escalação do miolo de zaga. Dedé, que é o pilar do setor defensivo, está suspenso pela expulsão sofrida diante do Boca Juniors, no jogo de volta das quartas de final da Libertadores do ano passado. Murilo e Fabrício Bruno brigam para ocupar a vaga. O primeiro é o favorito.

Desfalques ofensivos
Thiago Neves, cérebro do time e marcado pelo poder de decidir jogos importantes, também vai desfalcar o Cruzeiro na Argentina. Ele está em fase final de recuperação da segunda lesão que teve na panturrilha direita em 2019 e não atua desde o dia 3 de fevereiro, quando ficou em campo por cerca de 15 minutos na vitória por 3 a 0 sobre o Villa Nova. A ausência dele, no entanto, deve ser menos sentida do que quando não esteve à disposição no ano passado, principalmente em função da contratação de Rodriguinho.

O comando de ataque também pode ser problema. Em função de um incômodo na coxa direita, Fred – que inicia o ano como titular absoluto – não atuou nos três últimos jogos do Cruzeiro no Mineiro. Ele retornará ao time em Buenos Aires, mas fica a dúvida em relação à parte física. Raniel, reserva imediato de Fred e conhecido como talismã por deixar o banco e marcar gols importantes, não viajou com a delegação. Ele deixou o jogo contra a URT, no último dia 24, ainda no primeiro tempo, com dores na virilha.

Fred, que volta ao time contra o Huracán, lamentou a ausência dos jogadores considerados titulares, mas disse que o Cruzeiro será bem defendido por quem Mano Menezes escolher para entrar em campo.

– São perdas que, com certeza, fazem falta para qualquer equipe do mundo. Esses jogadores são decisivos, importantes, titulares absolutos, especialistas das posições dele. Mas temos outros jogadores com muita qualidade, Rodriguinho, Robinho, e o Murilo entra bem, dá conta do recado. Vamos firmes e fortes. Esperamos por eles para estar disponíveis e nos ajudar.

Filme repetido
Assim como este ano, o Cruzeiro iniciou a caminhada da Libertadores em 2018 com problemas. Na ocasião, Thiago Neves também estava em fase final de recuperação de lesão muscular e não teve condições de ser titular diante do Racing, na Argentina. O jogo terminou com vitória do time da casa por 4 a 2.

Além disso, Mano Menezes teve que lidar com três problemas algumas horas antes da partida. O pai de Fábio faleceu, e ele foi liberado pela diretoria para retornar a Belo Horizonte. O zagueiro Léo e o lateral-direito Edilson cumpriram suspensão. A decisão, no entanto, foi tomada de última hora em função de uma falta de resposta da Conmebol em meio ao pedido de efeito suspensivo por parte da diretoria.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *