- Esportes

Esboço do calendário da Fórmula 1 em 2020 prevê 22 corridas e quatro “dobradinhas” na 1ª parte

Com a confirmação da realização do GP da Espanha em 2020, a Fórmula 1 deverá ter 22 corridas a partir da próxima temporada, um recorde na história da categoria. A direção ainda não oficializou, mas a revista alemã “Auto Motor und Sport” divulgou nesta quarta-feira um esboço de calendário com as 22 etapas.

Levando em consideração a abertura do campeonato no meio de março como nos últimos anos, na Austrália, a primeira parte do campeonato seria frenética, com 13 corridas contra nove depois das férias de verão. Além disso, seriam quatro “dobradinhas” em fins de semana seguidos só na primeira parte, com as duplas Austrália/Barein, Holanda/Espanha, Azerbaijão/Canadá e França/Áustria – depois das férias, serão mais três “dobradinhas: Bélgica/Itália, Singapura/Rússia e Estados Unidos/México.

Uma das dobradinhas seria um desafio logístico muito grande para as equipes, pela grande distância de Baku para Montreal, que estão separadas por 8.924 km. Em 2010, os times conseguiram cumprir um deslocamento ainda maior em uma semana, do Brasil para Abi Dhabi, em 12.107 km.

Pelo esboço divulgado, a etapa brasileira da Fórmula 1 seria disputada no feriado da Proclamação da República, no dia 15 de novembro. Será o último ano do atual contrato da categoria com o Brasil.

A Federação Internacional de Automobilismo deve divulgar o calendário da temporada 2020 nas próximas semanas.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *