- Esportes

Israel Adesanya duvida de revanche com Paulo Borrachinha: “Acho que nunca mais o verei”

Após ver as provocações feitas por Israel Adesanya logo após a luta entre eles, o peso-médio brasileiro Paulo Borrachinha jurou que buscaria uma revanche contra o nigeriano. O atual campeão do UFC, todavia, não acha que isso vai acontecer. Depois de sua performance dominante, encerrada com um nocaute técnico no segundo round, Adesanya comparou a situação da rivalidade com a de outro confronto que teve muita expectativa, mas só aconteceu uma vez.

– Eu acho que nunca mais o verei, para ser sincero. Acho que vai ser como Conor McGregor e José Aldo. Ele precisa superar – disse o nigeriano em entrevista ao site americano “MMA Fighting”.
O atual campeão dos médios não descartou completamente a possibilidade de Borrachinha refazer seu caminho a uma disputa de cinturão. Contudo, o aconselhou a aceitar que a derrota – e a humilhação causada pelas provocações de mau gosto subsequentes – não podem ser apagadas.

– Você nunca vai recuperar esta (luta). Se por algum milagre louco ou ética de trabalho ele suba no ranking de novo, ele não vai desfazer a f*** que levou, entende? Eu fiz isso com ele. Eu o envergonhei. Ele tem que aceitar e perceber que “minha boca escreveu cheques que eu não conseguia pagar e Israel gosta de cobrar”. Aconteceu e deixa ser. Este é meu conselho para ele, porque foi isso que eu fiz.

Embora esteja invicto no MMA, Adesanya se refere às derrotas que sofreu no kickboxing. O nigeriano perdeu duas vezes para o brasileiro Alex “Poatan” Pereira, mas garante que nunca buscou uma revanche, e nem está interessado nisso caso Pereira, que também luta MMA, eventualmente chegue ao UFC.

– O engraçado é que o mesmo cara que me nocauteou ainda está me provocando. Então quem está vencendo mesmo? Sabe por quê? Porque eu não busco isso. Não preciso recuperar. Aconteceu, me ensinou uma lição valiosa em me permanecer fiel a mim mesmo e à minha habilidade e em não ouvir a ninguém mais. Então estou grato que isso aconteceu, mas você não me vê desafiando o mesmo cara. Não preciso. Aconteceu, está no passado. Mesmo que eu o nocauteie se ele vier ao UFC, nunca vai apagar o que aconteceu – disse Adesanya.

Fonte: Globo Esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *