- Esportes

Neymar dorme em Miami antes de apresentação à Seleção; sem jogos, ele apenas treina há 50 dias

De volta à seleção brasileira, Neymar vive situação inusitada na carreira: está próximo de marcas importantes pelo time canarinho – se jogar os dois amistosos ficará a apenas uma partida do 100º jogo pelo Brasil – em momento de inatividade e indefinição raras na carreira.

Desde o dia 15 de julho, Neymar faz apenas atividades físicas, treinos com bola – que chegaram a ser separados do grupo do PSG -, sem participar de trabalhos táticos da equipe francesa. Vai completar 50 dias apenas de treinos numa pré-temporada larga e forçada de tanta indefinição.

Em meio à inúmeras tentativas de transferência nesta janela que fecha hoje para o futebol espanhol, Neymar não entra em campo desde 5 de junho, quando atuou apenas 21 minutos no amistoso contra o Catar, pelo time de Tite, ainda na preparação da Copa América. Não completa 90 minutos desde 27 de abril – no empate por 2 a 2 na final da Copa da França. Aquela que ficou marcada pela derrota nos pênaltis e o soco aplicado no torcedor.

No Instagram, o atacante publicou foto em jantar já em Miami ao lado de Gabriel, ex-jogador do Fluminense, filho do ex-corintiano Wladimir.

Já estão no hotel da seleção nove atletas. Thiago Silva chegou início da noite de domingo, Ederson, Firmino, Fabinho, Bruno Henrique e Weverton, chegaram na madrugada. Pela manhã, se juntaram Daniel Alves, Jorge e Ivan.

Neymar se apresenta sob a condição de único convocado sem atuar um minuto sequer na atual temporada europeia – na média, jogadores que estão retornando das férias, no futebol europeu, atuaram por 342 minutos (veja a lista completa abaixo). Arthur, do Barcelona, também jogou pouco (por 60 min, incluindo amistoso), assim como Coutinho (123 min, incluindo amistoso com o Barcelona e os minutos no Bayern de Munique, seu novo time).

Antes da convocação, Cleber Xavier, auxiliar técnico de Tite, lembrava que, pelos cálculos da comissão, os jogadores “europeus” se apresentariam com dois a cinco jogos antes dos amistosos. A intenção de Tite é começar a partida contra a Colômbia, nesta sexta, com a base campeã da Copa América – mais Neymar.

– A gente tem todo o controle de minutagens dos atletas, de quantos jogos fizeram, além do trabalho dos atletas nos clubes, nos treinos, para saber da participação, da condição física. (Sem jogar) perde um pouquinho de ritmo de jogo, no aspecto de enfrentamento, mas são atletas de altíssimo nível, que treinam há um mês ou mais de um mês. Todos que estarão conosco vão ter condições de jogo. Ou não seriam chamados – dizia Cleber no dia 15 de agosto, véspera da lista.

A convocação de Neymar foi debatida internamente pela comissão técnica. Pesava a favor, claro, a liderança técnica do jogador do PSG, apesar de tempos de lesões, confusões e acusações fora de campo – ele não foi indicado por estupro e agressão no caso com a modelo brasileira em Paris.

Mesmo sem atuar na temporada, os planos de Tite são colocar o jogador como camisa 10 e titular na partida contra a Colômbia. Vai ter, provavelmente, apenas três treinos com o grupo completo. Nesta segunda, chega o restante do grupo, mas nem Fagner e nem Richarlison devem participar da atividade – ainda sem local definido. Vai restar as atividades de terça, quarta e quinta, véspera do amistoso com a Colômbia.

Confira as aparições de jogadores na temporada 2019/2020 na Europa:
Goleiros:

Ederson – 4 jogos / 360 min

Laterais:

Alex Sandro – 3 jogos / 3 titular / 239 min

Zagueiros:

Marquinhos – 5 jogos / 438 min

Thiago Silva – 5 jogos / 320 min

Militão – 2 jogos / 136 min

Samir – 4 jogos / 340 min

Meias:

Arthur – 2 jogo / 60 min

Allan – 3 jogos / 192 min

Casemiro – 5 jogos / 378 min

Fabinho – 11 jogos / 832 min

Paquetá – 4 jogos / 187 min

Coutinho – 3 jogos / 123 min

Atacantes:

David Neres – 8 jogos / 5 titular / 418 min

Firmino – 8 jogos / 5 titular / 666 min

Neymar – 0 partida

Richarlison – 6 jogos / 3 titular / 426 min

Vinicius – 9 jogos / 3 titular / 362 min

A minutagem dos que atuam no Brasil:
Weverton – 34 jogos / 34 titular / 3060 min

Ivan – 29 jogos / 29 titular / 2790 min

Jorge – 20 jogos / 18 titular / 1656 min

Daniel Alves – 4 jogos / 4 titular / 360 min

Fagner – 39 jogos / 36 titular / 3316

Bruno Henrique – 41 jogos / 3028 min

Fontes: Soccerway / O Gol.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *