- Esportes

Novato na F1, Albon vê STR sem surpresas e estranha volante: “Muita tecnologia!”

Ao lado de George Russell e Lando Norris, Alexander Albon é um dos novatos na temporada de 2019 da Fórmula 1. Nascido em Londres, mas com nacionalidade tailandesa, o piloto de apenas 22 anos teve o primeiro contato com um carro de Fórmula 1 durante o shakedown da STR antes dos testes de pré-temporada na Espanha. Perguntado como se sentiu após as primeiras experiências com o STR14, Albon disse que não “há surpresas desagradáveis” sobre o carro.

– Estamos felizes com o carro, não há surpresas desagradáveis. Em alta velocidade, baixa velocidade e velocidade média, o carro é mais ou menos consistente. Não há surpresas desagradáveis, então a confiança é muito boa. Não há uma área que realmente tenhamos como alvo, mas precisamos ajustar o carro – comentou.

A primeira pré-temporada de Albon na Fórmula 1 começou com um pequeno susto: uma rodada logo na volta de instalação. Ele, entretanto, se recuperou e completou mais voltas do que a maioria dos pilotos nos testes de Barcelona. Foram 489 giros na conta do tailandês, sendo o melhor deles mais rápido que o do companheiro de equipe Daniil Kvyat.

– Acho que já tivemos uma boa base chegando ao primeiro dia de testes. Desde então, estamos apenas tentando fazer as coisas e ver o que funciona para nós.

O piloto ainda se mostrou surpreso com a quantidade de livros que teve que ler para entender o carro de F1. A principal dificuldade? O volante.

– Um monte de livros para pilotos, eu não podia acreditar nisso. As páginas sobre o volante são bastante grossas! Foi bom ter esse período apenas para acelerar, apenas do ponto de vista da engenharia. Há muita tecnologia por trás disso, então é bom entender – concluiu.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *