- Esportes

River Plate sobrevive como único argentino na Libertadores e enfrenta Atlético-MG nas quartas

Do único duelo entre times do mesmo país nas oitavas de final da Copa Libertadores, saiu o último sobrevivente do futebol argentino. O River Plate venceu o Argentinos Juniors por 2 a 0, no estádio Diego Armando Maradona, e avançou para disputar com o Atlético-MG uma vaga nas semifinais.

O atacante Braian Romero foi o herói da noite. Fez dois gols, aos 35 minutos de jogo e aos nove da etapa final, para selar a classificação depois da vitória por 1 a 0 no jogo no Monumental de Nuñez.

Dos seis argentinos que avançaram da fase de grupos, cinco saíram. Dois caíram na terça-feira passada, o Boca Juniors, diante do Atlético-MG, e o Racing, contra o São Paulo. Nesta quarta, além do Argentinos, foram eliminados também o Vélez Sarsfield, pelo Barcelona de Guayaquil, e o Defensa y Justicia, vencido de novo pelo Flamengo. A última vez que a Libertadores teve só uma equipe do país nas quartas foi em 2011.

Fonte: Globo Esporte

 


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *