- Esportes

Sexto maior cestinha da história da NBA, Dirk Nowitzki anuncia aposentadoria em noite de gala

O fim de uma era, a perpetuação de uma lenda. Na noite desta segunda-feira, na madrugada de terça, o alemão Dirk Nowitzki anunciou, no centro da quadra em Dallas, o final de sua carreira como pivô de basquete. Aos 40 anos, ele fez a última partida diante do torcedor que o acolhe há mais de duas décadas – ele ainda atuará diante do Spurs, mas em San Antonio, no Texas. A despedida não poderia ter sido melhor: com vitória e 30 pontos (!).

Com o microfone nas mãos, com os holofotes voltados para si, Nowitzki disse:

– Como vocês já deveriam saber, esse foi o meu último jogo dentro de casa -.
A partir deste momento, o discurso foi abafado por uma verdadeira ovação dos presentes no ginásio e, claro, muitas lágrias do gigante alemão.

A noite, claro, foi repleta de homenagens ao jogador que está na história da NBA. Presentes na quadra, depois da partida, astros lendários como Charles Barkley, Scottie Pippen, Larry Bird, Shawn Kemp e Detlef Schrempf deixaram mensagens ao pivô. Todos eles representaram muito para Dirk na infância e também na formação como atleta.

Nome marcado na história
Campeão, MVP, All-Star, All-NBA Team, sexto maior cestinha de todos os tempos. As credenciais não deixam dúvidas de que Dirk Nowitzki tem lugar reservado no rol de lendas da NBA. As 21 temporadas vestindo a camisa dos Mavs deixam Kobe Bryant e seus 20 anos com os Lakers para trás, isolando Dirk como jogador que mais tempo defendeu a mesma equipe na NBA. Os 21 campeonatos disputados também são um recorde, ao lado de Robert Parish, Kevin Willis, Kevin Garnett e Vince Carter.

Com técnica invejável perto da cesta e pontaria calibrada de média e longa distância, Dirk chega para o último jogo da carreira com impressionantes 31.540 pontos – sexta maior marca da história da NBA, atrás apenas de Michael Jordan (32.292), LeBron James (32.543), Kobe Bryant (33.643), Karl Malone (36.928) e Kareem Abdul-Jabbar (38.387).

Sem lesões muito graves, Nowitzki também ocupa a terceira colocação no ranking histórico de partidas disputadas na liga, com 1.521. À frente do alemão estão somente Kareem (1.560) e Robert Parish (1.611).

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *