- Esportes

Superliga Masculina: confira os destaques e fique de olho nas principais promessas

A nova temporada da Superliga Masculina começa neste sábado. E a competição, mais uma vez, promete um desfile de craques pelas quadras do país. Espalhados entre os 12 times, alguns dos principais jogadores do vôlei brasileiro e internacional vão buscar os holofotes e o título da disputa. Aqui, o ge selecionou os principais nomes da competição e alguns dos candidatos a surpresa da Superliga.

Os destaques!
Bruninho – Taubaté

Campeão olímpico, o capitão e levantador principal da seleção brasileira volta ao país após três temporadas na Itália. Ao aceitar a proposta do Taubaté, Bruninho disse ter a missão de fortalecer ainda mais a Superliga em seu retorno. Um dos principais jogadores do mundo, o levantador tentará levar o time do interior paulista a mais um título da competição. Como companheiro de posição, ele terá Rapha, ídolo e capitão do time.

Lucão – Taubaté
O central da seleção brasileira vai para mais uma temporada com o time de Taubaté. Nesta Superliga, porém, terá a chance de brilhar ainda mais ao retomar a longa parceria com Bruninho, companheiro também na conquista do ouro nas Olimpíadas do Rio, em 2016. Com força e técnica, o central deverá ser um dos destaques do time na competição. Como forma de proteção contra o coronavírus, Lucão tem jogado de máscara nas partidas do Taubaté.

Alan – Cruzeiro
Depois de brilhar com a camisa do Sesi-SP e se firmar como uma boa opção na seleção brasileira, o oposto retorna ao time onde surgiu no cenário nacional. No Cruzeiro, Alan terá a missão de ser o motor ofensivo dentro de quadra. Explosivo e cada vez mais regular, o jogador de 26 anos tenta dar mais um passo em sua evolução.

Facundo Conte – Cruzeiro
O ponteiro argentino é uma das peças-chave do time de Marcelo Méndez. Muito forte no ataque e cada vez mais regular no passe, Conte se firma como um dos astros da Superliga. Na última temporada, chegou à equipe mineira depois de conquistar o título com o Taubaté. Não decepcionou em quadra e liderou o processo de reformulação do clube, o maior vencedor da história da competição. Ao seu lado, terá outro destaque gringo do time mineiro: o cubano Miguel Ángel López, mais uma aposta da equipe para a temporada.

William – Minas

Aos 41 anos, o levantador terá a missão de guiar o Minas dentro de quadra. O campeão olímpico mudou de ares após a decisão do Sesi-SP de apostar na base. Com uma distribuição certeira durante os jogos, o Mago volta a Minas Gerais depois de marcar época com a camisa do Cruzeiro. O experiente jogador é o grande nome do forte time mineiro na Superliga.

Maique – Minas

Uma das grandes revelações do vôlei nacional, Maique vai para mais uma temporada com a camisa do Minas. O líbero da seleção brasileira tem evoluído nas últimas temporadas e se firma como um dos melhores nomes da posição, ao lado de Thales, do Taubaté. É ele quem dá a segurança na defesa do time de Belo Horizonte.

Leandro Vissotto – Campinas

Aos 37 anos, o oposto vive um de seus melhores momentos da carreira. De volta ao time de Campinas depois de duas boas temporadas no Taubaté, Vissotto correspondeu às expectativas e logo se transformou na referência do time de Horacio Dileo. No Campeonato Paulista, foi o principal nome na conquista inédita na competição. Agora, tenta manter o bom desempenho na Superliga.

Murilo – Sesi-SP

Medalhista olímpico, Murilo é o grande líder do reformulado time do Sesi-SP. Na nova temporada, a equipe paulista resolveu apostar em um grupo jovem, com jogadores da própria base. Aos 39 anos, o líbero será o mais experiente do time e a base de segurança da equipe paulista na Superliga.

Fique de olho!
Além dos destaques da competição, o ge também separou alguns nomes que podem brilhar pelas quadras da Superliga. Entre jovens revelações e talentos que tentam

Felipe Roque – Taubaté

Aos 23 anos, o oposto é a aposta do time do interior paulista para a competição. Destaque nas últimas temporadas com a camisa do Minas, Felipe Roque soma convocações para as seleções de base e para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Lima, no ano passado. No Super Vôlei, foi peça fundamental na conquista do título, com um desempenho impecável na decisão contra o Cruzeiro.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *