- Esportes

Tennis Australia pede desculpas por “distração” com caso Djokovic

Dois dias depois de Novak Djokovic ser deportado, a Tennis Australia finalmente se manifestou sobre o episódio. A entidade, responsável pela organização do Australian Open, se desculpou com todos os tenistas pelo imbróglio, que tirou as atenções do esporte e jogou holofotes em questões políticas e sanitárias.

– Reconhecemos que os eventos recentes foram uma distração significativa para todos e lamentamos profundamente o impacto disso em todos os jogadores. (…) Sempre há lições para aprender e vamos revisar todos os aspectos da nossa preparação e implementação para informar nosso planejamento – como fazemos todo ano. Esse processo sempre começa assim que os campeões do Australian Open levantam seus troféus – diz o comunicado.

Em nenhum momento da nota há menção ao nome de Djokovic. A confusão começou no dia 5 de janeiro, quando o sérvio desembarcou em Melbourne com uma exceção médica para não se vacinar contra a Covid-19 aprovada pela Tennis Australia e o governo de Victoria, província onde fica Melbourne.

As autoridades de imigração, no entanto, consideraram a documentação insuficiente. O número 1 do mundo usou o fato de ter contraído a Covid-19 em dezembro para justificar a exceção. Em um primeiro momento a defesa de Djoko conseguiu reinstaurar o visto, que foi cancelado pelo Ministro Alex Hawk dias depois. No domingo uma corte de três jurados selou o fim dos recursos e a deportação.

Ao todo Djokovic passou cinco noites em um hotel utilizado como detenção para imigrantes ilegais no país. Autoridades sérvias, familiares e outros compatriotas saíram em defesa do sérvio, que também ouviu muitas críticas nos últimos dias. O grego Stefanos Tsitsipas foi um dos que se manifestou de forma dura, dizendo que ele fazia “a maioria parecer tola” por seguir os protocolos sanitários.

Vale destacar que na última quarta-feira, o sérvio admitiu não ter cumprido isolamento após testar positivo para a Covid e que houve um erro no preenchimento do formulário apresentado na imigração. Além disso, a revista alemã Der Spiegel levantou suspeitas sobre os exames do tenista.

Fonte: Globo Esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *