- Esportes

Velho conhecido, Valdivia terá atenção especial em reencontro com Palmeiras

Pouco mais de três anos depois, Valdivia voltou a ser assunto no Palmeiras. Após o Verdão eliminar o Cerro Porteño e confirmar sua classificação para as quartas de final da Libertadores, na última quinta-feira, o time de Felipão vai duelar com o time do meia chileno por uma vaga na semifinal da competição sul-americana.

O Colo-Colo despachou o Corinthians nas oitavas de final, com duas boas atuações do meia Valdivia. O atacante Lucas Barrios, campeão da Copa do Brasil de 2015 e do Brasileirão de 2016 dom o Palmeiras, também é titular da equipe de Hector Tapia.

– Ele (Valdivia) conhece muito bem o Palmeiras, jogou muitos anos aqui. É um cara diferente, que tem de ter uma marcação bem especial e de perto, porque senão ele acaba armando a equipe do Colo-Colo. Assisti um pedaço do jogo (contra o Corinthians), a bola que deixaram ele enfiou na lateral, o cara cruzou e fizeram o gol. Serão 90 minutos atentos, como estivemos contra o Cerro Porteño para não ser surpreendido – disse o zagueiro Edu Dracena.

Enquanto o Palmeiras avançou para o mata-mata da Libertadores com a melhor pontuação geral, o time chileno se classificou om a pior campanha entre as 16 equipes que disputaram as oitavas de final.

Na fase de grupos, foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas – oito pontos em seis rodadas – em uma chave que tinha também Atlético Nacional, da Colômbia, Bolívar, da Bolívia, e Delfín, do Equador. Contra o Corinthians, venceu em Santiago por 1 a 0 e foi derrotado em Itaquera por 2 a 1 – a vaga veio no critério de desempate com o gol marcado no Brasil.

Valdivia tem duas passagens com a camisa do Palmeiras. Na primeira, conquistou o Campeonato Paulista de 2008 antes de se transferir para o Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos. De volta ao clube em 2010, conquistou a Copa do Brasil de 2012 e o Campeonato Brasileiro da Série B de 2013.

A saída do Verdão ocorreu em agosto de 2015. Na ocasião, ele reclamou do pouco interesse da diretoria palmeirense para renovar seu contrato. Na despedida, agradeceu e se desculpou com a torcida, mas prometeu voltar ao clube um dia, nem que fosse “por um único jogo”.

Depois de atuar pelo Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, ele acertou com o Colo-Colo em junho de 2017. Com a camisa do Palmeiras, ele tem 241 gols e 41 partidas e, mesmo de longe, sempre se manteve ativo nas redes sociais, com postagens em homenagens ao clube em datas comemorativas e conquistas de títulos.

O Palmeiras abre a série contra o Colo-Colo em Santiago, na semana do dia 19 de setembro. A volta será na arena alviverde, na primeira semana de outubro.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *