- Famosos

Filho de Fabio Assunção, João prestigia ator em estreia no teatro

Três dias depois de completar 16 anos, João Assunção, filho mais velho de Fabio Assunção, acompanhou de pertinho o estreia de “Dogville”, nova produção teatral do ator, no teatro Porto Seguro, em São Paulo. Discreto, o adolescente posou para fotos antes da peça de teatro, assim como amigos famosos do artista, como Jarbas Homem de Mello. A montagem é um adaptação para os palcos do filme homônimo de Lars Von Trier e, além de Fabio, intérprete do personagem Chuck, conta ainda com Mel Lisboa, a protagonista Grace, e outros 14 atores no elenco.

ATOR FAZ ACORDO PARA DOAR DIREITOS AUTORAIS DE MÚSICA POLÊMICA

Em junho de 2017, o ator foi preso em Arcoverde (PE) e vídeos nos quais ele aparecia visivelmente alterado se espalharam na internet. Desde então, surgiram diversos memes associando o nome dele e até uma música gravada pelo cantor Gabriel Bartz. Nesta semana, ele explicou que, após fazer um acordo com o intérprete, conseguiu que os direitos autorais da canção fosse revertidos para ajudar dependentes químicos. “Eu, minha equipe de comunicação e o corpo jurídico que me atende, decidimos entrar em contato com os meninos e tornar essa história um ato propositivo de ajuda a quem precisa e de conscientização geral. 100% dos valores arrecadados com a música serão doados para as instituições A e B que vamos informar posteriormente como um ato irmanado entre quem sente essa dor e quem tem voz para ampliar a conscientização. Nós não somos super heróis. Cuide de você, cuide de quem você ama, cuide dos seus amigos nas festas. Seja responsável pelo todo. Lembrem que eu aqui respeito a zueira, amo a brincadeira, mas quero todo mundo bem, forte, feliz e consciente de seus atos e de sua vida. A luta é essa. Tamo junto”, escreveu no Instagram. Posteriormente, diversos amigos famosos manifestaram apoio, como a ex-namorada Maria Ribeiro .

FILHO AJUDOU FABIO A LIDAR COM MEMES: ‘CONVERSEI COM ELE’

Em participação no ‘Conversa com Bial’, o artista contou que o primogênito o ajudou a compreender as brincadeiras que via na web sobre o episódio em Pernambuco. “Virou o ‘sextou’. Sempre achei os memes ofensivos. Conversei com meu filho, falei que estava pensando em processar um deles e ele disse: ‘pai, não faz isso não, é zoeira’. Vi que estava pegando pilha, levando a sério. Daqui a pouco alguém toma um porre na sexta e eu vou perder o título”, argumentou.

Fonte: Purepeople


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *