- Política

Amazonino afirma que Wilson faltou ao debate para não ter que explicar sobre “bolsa bandido”

No debate que foi transformado em uma entrevista, pela ausência do candidato Wilson Lima (PSC), o candidato da coligação ‘ Eu voto no Amazonas’, Amazonino Mendes (PDT), disse que o adversário perdeu uma grande oportunidade de explicar aos eleitores quais são as ‘fake news’ que ele diz ser vítima. Amazonino voltou a afirmar que não vai pagar indenizações a familiares de presos que se mataram, numa briga de facções criminosas, no Complexo Panitenciário Anísio Jobim (Compaj), em 2017, em Manaus.
Wilson Lima defendeu o pagamento da chamada ‘ bolsa bandido’, em sua última entrevista na TV Amazonas. Disse que ia cumprir a Lei que determina o pagamento aos familiares dos presos que se mataram no massacre do Compaj. Estado teria que pagar indenização as famílias dos presos que foram mortos em torno de R$50 mil por família.
O candidato a vice na chapa de de Wilson, o defensor Carlos Almeida foi quem comandou a defensoria naquela época e sugeriu o pagamento da indenização para as famílias dos detentos mortos. Vale lembrar que a atual gestão administrativa do estado, se recusou e continua se recusando a pagar tal indenização e já recorreu duas vezes para não efetuar o pagamento.

Amazonino disse, nas considerações finais do programa, que se preocupa, como cidadão, com quem realmente vai governar o Amazonas, se por ventura Wilson Lima vencer a eleição. Para o governador do Amazonas, Wilson Lima esconde dos eleitores as forças econômicas e políticas que lhe apoiam, o que traz preocupação a todos os amazonenses.

Nas redes sociais, eleitores postaram ao longo do programa na Record News Manaus, comentários dizendo que nesta terça-feira Wilson Lima vai mandar os blogs de notícias que lhe apoiam dizerem que ‘é fake’ a notícia de que ele não participou do debate.

Fonte: Assessoria/Candidato


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *