- Esportes

Após quebrar a raquete, Djokovic vira para cima de Zverev e vai à semifinal do Australian Open

O sérvio Novak Djokovic derrotou, nesta terça-feira, o alemão Alexander Zverev, por 3 a 1 (6/7, 6/2, 6/4 e 7/6) e avançou para a semifinal do Australian Open, primeiro grand slam da temporada. Com o resultado, o atual número 1 do mundo chega nesta fase pela nona vez na carreira, e com um adendo: todas as vezes que foi semifinalista da competição, o sérvio acabou com o título.

Maior campeão da história do Australian Open, são oito conquistas, Djokovic vai enfrentar agora o russo Aslan Karatsev, que é a grande sensação do torneio até o momento. Número 114 do ranking mundial, ele enfileirou vitórias contra os favoritos e, nas quartas de final, eliminou o búlgaro Grigor Dmitrov por 3 a 1.

Já Zverev, sexto cabeça de chave, segue, desta forma, sem conquistar um grand slam na carreira. O alemão chegou a ter 4 a 2 de vantagem no terceiro set, mas viu o sérvio ser perfeito em quatro games seguidos e fechar a parcial. Ali foi o momento chave do jogo, em que o alemão podia ter aproveitado a chance que teve.

Na metade do terceiro set, Djokovic estava passando por um momento ruim na partida, com erros sucessivos, desvantagem no placar e uma dor no abdômen que o atormenta há alguns dias. O sérvio bateu a raquete várias vezes no chão, quebrando o objeto de trabalho. Coincidência ou não, a partir dali, seu jogo cresceu e ele virou o set e depois fechou a partida.

No primeiro set, Zverev conseguiu uma quebra de saque e abriu 5 a 4 no placar, podendo fechar a parcial. Mas o sérvio fez um game perfeito e empatou em 5 a 5. A partida foi para o tie-break e o alemão venceu por 8 a 6.

O segundo set, porém, foi bem diferente. Djokovic esteve mais concentrado e, em menos de trinta minutos, fechou em 6/2.

Na terceira parcial, Zverev teve uma vantagem de 4 a 2, com uma quebra de frente, em um momento que Djokovic chegou a se irritar em quadra. Mas, logo na sequência, o sérvio conseguiu quatro games seguidos, virou o placar e fechou o set em 6/4.

No quarto set, Zverev teve novamente a vantagem de uma quebra, chegou a ter 2 a 0, mas viu Djokovic empatar de novo o placar. Os dois seguiram confirmando seus games até o jogo chegar no tie-break. Ali, o sérvio venceu nos detalhes, com um ponto importante no saque do rival quando o placar estava 6 a 6, fechando na sequência em 8 a 6.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *