- Esportes

Às vésperas da estreia, Demarcus Cousins diz que Warriors são “time mais odiado do esporte” nos EUA

Principal reforço do bicampeão Golden State Warriors para a temporada 2018/2019 da NBA, o pivô Demarcus Cousins deve enfim estrear pela equipe à 1h30 deste sábado, contra o Los Angeles Clippers, na Oracle Arena, em Oakland.

E, antes mesmo de vestir oficialmente pela primeira vez a camisa da equipe, o jogador de 28 anos ganhou as manchetes da imprensa norte-americana. Em entrevista à ESPN, Cousins afirmou que os Warriors são o time mais odiado do país, em todos os esportes. Ele comentou a polêmica acordo que fez com o time californiano depois de deixar o New Orleans Pelicans.

– Eu realmente não presto atenção às notícias. Digo, as pessoas vão falar o que quiserem. Vão dar suas opiniões. Nós [Warriors] somos o time mais odiado dos esportes – afirmou o pivô, que esteve quatro vezes Jogos das Estrelas da NBA e foi campeão olímpico nos Jogos do Rio 2016.

Cousins é tido como um jogador fenomenal em quadra, e um problema ambulante fora dela. De difícil trato, foi apontado como desagregador. Está há quase um ano sem jogar depois de romper o tendão de Aquiles do pé esquerdo. Enquanto ainda se reabilitava, ele assinou um contrato de um ano, com valor de US$ 5,3 milhões (aproximadamente R$ 19 milhões), com os Warriors.

A transferência causou polêmica porque a equipe já conta em suas fileiras com potenciais jogadores de Hall da Fama como Stephen Curry, Klay Thompson, Kevin Durant e Draymond Green.

Na entrevista, Cousins disse que os Warriors são tão odiados quanto o Dallas Cowboys e o New York Yankees – que da mesma forma que são muito populares têm enorme rejeição.

– Bem, pode nos colocar ali com eles. Eu diria que os Warriors são odiados com certeza. Você sabe que todos odeiam Kevin [Durant]. Me odeiam. Eu acho que o único de que todos gostam é Stephen [Curry]. Na verdade, pode até ser que o odeiem também. Odeiam Draymond Green. Mas, sabe, é o que é. Eu não posso me preocupar com isso – disse.

Cousins tem recebido conselhos de outro astro da NBA, mas das antigas, Dominique Wilkins. O próprio Wilkins rompeu o tendão de Aquiles do pé direito em 1992, e tem dito a Cousins que o segredo para recuperar a boa forma é ser agressivo.

– Eu estou de volta, sem arrependimentos. Estou caminhando em frente. Vou dar tudo em quadra todas as noites. E eu planejo voltar ao auge da minha carreira – concluiu Cousins.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *