- Esportes

De volta a Portugal, Cristiano Ronaldo inicia nova tentativa de levar Juventus ao sonho europeu

Na última temporada, Cristiano Ronaldo bem que tentou, mas viu a Juventus cair diante do Lyon e ficar fora da reta final da Super Champions, em Lisboa, perdendo a chance de conquistar mais um título europeu em seu país. Mas Portugal, agora, pode ser o palco do início de mais uma jornada do gajo na tentativa de levar os italianos ao sonho europeu. CR7 e companhia enfrentam o Porto nesta quarta-feira, no Estádio do Dragão, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, buscando voltar a ir longe no mata-mata europeu. O duelo acontece às 17h (de Brasília) e será acompanhado em tempo real pelo ge.

Power Ranking: veja os favoritos da Champions
Desde que chegou a Turim, em 2018, Cristiano Ronaldo teve sucesso na conquista de títulos nacionais, mas não repetiu o feito a nível continental. Pelo contrário: a Juve decepcionou nas duas temporadas em que teve o cinco vezes melhor do mundo como grande arma. Em 2018/19, o sonho parou no Ajax, nas quartas de final, após superar o duro Atlético de Madrid nas oitavas. E, na última tentativa, o time caiu de forma surpreendente para o Lyon, que chegou às semifinais.

Mas, apesar das eliminações precoces da Juve, Cristiano Ronaldo não deixou de brilhar no mata-mata, como fez ao longo de sua trajetória no Real Madrid. Em 2018/19, ele teve desempenho praticamente impecável nas noites europeias de eliminatória. Embora tenha passado em branco na ida contra o Atlético de Madrid, nas oitavas, teve uma das melhores atuações da carreira na volta, marcando um hat-trick e virando o confronto, classificando a Juventus. Nas quartas de final, marcou nos dois jogos contra o Ajax, mas viu seu time cair pelo critério de gols marcados fora de casa.

Maior artilheiro, Cristiano Ronaldo exalta chegada do mata-mata na Champions
Na temporada passada, quase repetiu a história. Depois de a Velha Senhora perder por 1 a 0 na França, o português fez dois gols em Turim em uma atuação praticamente solitário, o que não foi suficiente para a Juventus avançar. A eliminação gerou um desabafo do craque, que não caía nas oitavas da Champions desde 2010 e escreveu que “um clube como a Juventus deve sempre pensar em ser o melhor do mundo e trabalhar como o melhor do mundo”. O técnico Sarri acabou demitido, e Pirlo chegou no começo da temporada.

– No ataque, podemos fazer melhor, criando mais chances para finalizar. Perdemos um pouco os gols de Dybala e não o colocamos com frequência, mas esperamos que ele encontre sequência e seja como uma nova contratação. Cristiano está de volta ao seu país e vai querer marcar, como sempre, principalmente neste tipo de jogo – destacou Pirlo na véspera do confronto.

Em seu país natal, Cristiano tentará fazer com que a Juventus consiga um resultado positivo já na ida, para não dar chance ao azar diante de um adversário considerado azarão na eliminatória. E mais uma vez ele chega em bom momento, com quatro gols marcados nos quatro jogos que disputou na fase de grupos, ainda no ano passado. Na temporada, são 23 gols em 24 jogos – números impressionantes para quem completou 36 anos no começo do mês.

Veja a tabela do Campeonato Italiano
A Juve, por sua vez, vem vivendo uma temporada diferente. A irregularidade da equipe de Andrea Pirlo e o bom momento dos rivais Inter e Milan deixaram a Velha Senhora fora da liderança do Campeonato Italiano desde o começo do torneio. Hoje, o time de Turim é o quarto colocado da Série A, oito pontos atrás do líder Milan (mas com um jogo a menos). Portanto, a possibilidade de ter o domínio nacional interrompido é grande, e a Champions ganha peso para que 2020/21 seja uma jornada de sucesso.

Do outro lado está um adversário é bicampeão europeu e passou pela fase de grupos sem sustos, com 13 pontos conquistados na mesma chave que Manchester City, Olympiacos e Olympique de Marselha. Mas o Porto de Sérgio Conceição não mostra o mesmo brilho da última temporada, quando conquistou o título português e chega em um jejum de vitórias. A equipe empatou os quatro últimos jogos e agora tem a missão de duelar com um dos favoritos ao título europeu.

Confira a tabela do Campeonato Português
Pepe, companheiro de longa data de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, continua sendo o xerife da defesa. No ataque, o malês Marega segue sendo uma arma importante, mas é Taremi quem tem se destacado, somando 14 gols e nove assistências na temporada. Sérgio Oliveira também é peça importante, dividindo a artilharia da equipe com o iraniano. O meia Otávio deve ser o representante brasileiro do lado luso, e Felipe Anderson e Evanilson também são opções.

– Criaremos problemas para a Juventus, pois o Porto tem isso em seu DNA. Temos uma mentalidade vencedora, independente do adversário. Precisamos estar cientes de que nossa abordagem deve mudar nos diferentes momentos do jogo – projetou Sérgio Conceição.

Prováveis escalações:
Porto: Marchesin, Manafá, Mbemba, Pepe e Sarr; Uribe, Sérgio Oliveira, Corona e Díaz; Marega e Taremi.
Juventus: Szczesny, Danilo, Bonucci, Chiellini e Alex Sandro; Bentancur, Rabiot, McKennie e Chiesa; Cristiano Ronaldo e Morata.

Dortmund aposta em Haaland para superar o campeão da Liga Europa
O outro confronto da quarta-feira de cinzas pode ser considerado o único das oitavas de final que não conta com ao menos um time cotado para disputar o título no começo da temporada. Sevilla e Borussia Dortmund fazem um duelo com menos holofotes na Espanha, com os espanhóis chegando em melhor momento que os alemães. A partida acontece às 17h (de Brasília) e será acompanhada em tempo real pelo ge.

Campeão da Liga Europa na temporada passada, o time de Julen Lopetegui avançou como segundo colocado no grupo E, com Chelsea, Rennes e Krasnodar, e não passou problemas para chegar ao mata-mata. E chega para o confronto com nove vitórias consecutivas na temporada, incluindo uma sobre o Barcelona, por 2 a 0, na Copa do Rei. No Campeonato Espanhol, o time está em quarto, na cola de Barça e Real.

Veja a tabela do Campeonato Espanhol
O elenco, que já contava com nomes importantes como Jesús Navas e Rakitic, ganhou o grande reforço de Papu Gómez, vindo da Atalanta. O grande nome da temporada vem sendo o marroquino En-Nesyri, artilheiro absoluto do time em 2020/21, com 17 gols em 33 jogos. O brasileiro Diego Carlos é peça importante da zaga, assim como Fernando para o meio de campo.

O rival dos espanhóis tem a seu favor o peso de ser campeão europeu e um time que constantemente está disputando a Champions, mas não tem inspirado confiança em 2020/21. O Borussia Dortmund vem tendo uma das piores temporadas recentes, com aproveitamento de apenas 59,1%, em 17 vitórias, quatro empates e 10 derrotas. Os aurinegros são apenas os sextos colocados do Campeonato Alemão, 13 pontos atrás do líder Bayern de Munique. Por isso, demitiu Lucien Favre em dezembro e colocou o auxiliar Edin Terzic como comandante até o fim de 2020/21 – Marco Rose será o técnico a partir do meio do ano.

Veja a tabela do Campeonato Alemão
A esperança dos fãs de salvar a temporada com um título grande – o time também segue vivo na Copa da Alemanha – reside na capacidade técnica de seus jogadores. Os principais holofotes ficam sobre Haaland, que se tornou a grande estrela do time desde que foi contratado, há pouco mais de um ano. O atacante norueguês é o artilheiro desta edição da Champions, com seis gols em quatro jogos, e divide o posto com Neymar, Rashford e Morata. Ele marcou 23 gols em 23 jogos na temporada, e vem de seis gols nas últimas oito partidas.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *