- Esportes

Rejeitado pelo São Paulo na base, Ricardo Goulart volta ao Palmeiras após atuação ruim do ataque

Quando a possibilidade de virar um jogador profissional de futebol ainda era um sonho na cabeça do garoto de São José dos Campos, Ricardo Goulart tentou a sorte nas categorias de base do São Paulo. Anos depois, o meia-atacante deve entrar em campo no próximo domingo como uma das principais esperanças do Palmeiras na semifinal do Campeonato Paulista.

Palmeirense na infância, Goulart deu os primeiros passos no futebol ao lado do amigo Casemiro. Na ocasião, apenas o volante da seleção brasileira e do Real Madrid seguiu no clube tricolor. O meia precisou rodar por Santo André, Porto Alegre, Belo Horizonte e até pela China antes de virar destaque do Verdão.

Mesmo com pouco tempo de clube, o atleta caiu nas graças da torcida e virou peça-chave do esquema tático de Felipão. Depois de ser poupado na derrota por 1 a 0 contra o San Lorenzo para cumprir um cronograma de fortalecimento físico, ainda por causa da cirurgia no joelho feita no ano passado, ele deve voltar ao time no Choque-Rei.

Em nove jogos pelo Palmeiras até agora, Ricardo Goulart tem quatro gols marcados (artilheiro do time ao lado de Gustavo Scarpa) e três assistências (maior garçom da equipe ao lado de Dudu).

Com boa participação nos gols da equipe, ele fica à disposição novamente após o setor ofensivo receber críticas de Felipão pelo desempenho no jogo em Buenos Aires, pela terceira rodada da Libertadores.

Sem Goulart e Gustavo Scarpa, e com Deyverson, Dudu, Felipe Pires e Lucas Lima apagados, os palmeirenses não tiveram qualidade para furar a retranca do San Lorenzo, lanterna do Campeonato Argentino e que tinha vencido apenas duas vezes em 2019 até o duelo com o Verdão.

No domingo, o Palmeiras recebe o São Paulo na arena , às 16h (de Brasília), precisando de uma vitória simples para se classificar para a final do Paulistão. Um novo empate leva a decisão para as cobranças de pênaltis.

Ricardo Goulart está emprestado pelo Guangzhou Evergrande até dezembro de 2019. Ele já revelou ter interesse em permanecer no Verdão depois do vínculo. O preço já está fixado: 10 milhões de euros.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *