- Famosos

Leandra Leal e George Sauma trocam beijos após festa de Taís Araújo

Taís Araújo reuniu amigos no Teatro Rival, no centro do Rio de Janeiro, para comemorar a chegada dos 40 anos. E, depois da festa,Leandra Leal e George Sauma foram clicados aos beijos nos arredores do local. A atriz não trouxe a público nenhum relacionamento desde sua separação com Alê Youssef, jornalista e produtor com quemfoi casada por oito anos e tem a filha, Júlia. Com novo visual, de cabelo curtinho, e vestido preto, a artista ficou abraçada e beijou o protagonista do seriado “Pais de Primeira”.

Leandra postou homenagem para Taís: ‘Desde os 13 anos’
Em postagem no Instagram, Leandra compartilhou uma foto dela e da mulher de Lázaro Ramos ainda adolescentes e a homenageou destacando a amizade de longa data. “Lembro da minha mãe me contando que você seria a primeira protagonista negra da TV, me passando a dimensão do que seria Xica da Silva. Eu fiquei de cara: como assim não teve uma protagonista negra antes? E tantas outras coisas que você inaugurou e apresentou pra mim e para o Brasil. Você é farol, desde os meus 13 anos aprendo e sigo nessa direção. Que orgulho dividir esse tempo contigo. A gente trabalhou pouco juntas (mas sempre que aconteceu foi potente!), a nossa amizade aconteceu na vida, nossas mães e agora nossas filhas nos juntaram e regaram. Eu lembro de quando a Juju chegou, eu te mandei uma foto, você estava no camarim e me respondeu chorando, dando boas vindas e brincou: como ela não tem uma madrinha negra? E agora eu te digo, você não é madrinha da Júlia, mas é minha amiga que eu amo, é a mãe da melhor amiga dela, é a tia Taís, que ela acha a mulher mais linda do mundo. Eu conto contigo e você pode contar comigo sempre”, escreveu. As duas estão juntas em “Aruanas”, projeto para TV no qual interpretarão ativistas ambientais ao lado de Débora Nascimento.

Atriz explica trabalho de forma didática para filha
Realizada com a maternidade de Júlia, Leandra explicou que se sente culpada quando deixa a menina por conta do trabalho, mas aprendeu a conciliar carreira e maternidade sem deixar que a herdeira, em quem valoriza a coragem, veja seu trabalho como algo negativo. “Jamais disse a ela que preciso trabalhar pra levar dinheiro para casa. Não! Eu digo: ‘mamãe vai trabalhar porque gosta muito’. Mas é claro que sinto culpa quando tenho que deixá-la, me desdobro, me questiono. Como toda mãe, eu acho”, afirmou.

Fonte: Msn


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *